Sikorsky mantém foco no apoio ao cliente com novo local de fornecimento de peças e capacidade de reparo de pás do S-92

A Sikorsky, empresa da Lockheed Martin (NYSE: LMT), anunciou hoje a realocação e ampliação do FSL (Forward Stocking Location) no Brasil, em uma cerimônia de inauguração com a presença de CEOs de operadoras locais e funcionários Sikorsky. A decisão estratégica coloca os produtos da Sikorsky mais perto das operadoras e reforça ainda mais a dedicação da empresa em maximizar a disponibilidade da frota dos clientes.

O novo local na Barra da Tijuca, próximo ao aeroporto de Jacarepaguá, abrigará quase sete vezes mais estoque do que no local anterior, na Multiterminais. A mudança aproxima as partes e peças de aeronaves Sikorsky das operadoras brasileiras, incluindo a Líder Aviação, a Omni Helicopters International e a CHC Helicopter. Espera-se que o tempo de resposta para recebimento de peças melhore das atuais 24 horas para menos de duas horas e reduza ainda mais os custos para os operadores Sikorsky.

A Sikorsky também anunciou hoje planos para adicionar a capacidade de reparo das pás do helicóptero S-92® no Brasil. A Composite Technology do Brasil (CTB), uma joint venture entre a Líder Aviação e a CTI, da Sikorsky, está reparando as pás do rotor do S-76® no Brasil desde 1999. No próximo ano, a CTB também adicionará capacidade de reparo da lâmina do S-92, o que irá melhorar o tempo de reparo e reduzir significativamente os custos para os operadores de S-92 no Brasil. Poder realizar os reparos no país elimina os impostos e taxas associados à exportação e também diminui em pelo menos 30 dias do tempo de trânsito do cronograma geral de reparos.

“O Brasil é um país chave para nós – o coração de nossos negócios comerciais na América Latina. Nossa frota de aeronaves S-92 e S-76 tem taxas de disponibilidade operacional superiores a 94%. À medida em que a economia brasileira e as perspectivas offshore se recuperam, estamos ouvindo nossos clientes e tomando medidas para aumentar ainda mais as taxas de disponibilidade dos líderes do setor ”, disse Adam Schierholz, executivo regional da Sikorsky para a América Latina.

Oito operadores comerciais brasileiros atualmente voam um total de 90 aeronaves da Sikorsky em todo o país.

O FSL da Barra da Tijuca é um dos quatro da Sikorsky a fornecer suporte junto aos clientes comerciais. Os outros estão em Perth, na Austrália; Aberdeen, na Escócia; e Stavanger, Noruega.

Saiba mais

USMC recebeu o primeiro CH-53K King Stallion

Hoje (16), o Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos (USMC) recebeu seu primeiro helicóptero CH-53K King Stallion na Marine Corps Air Station New River.

O CH-53K pode transportar 27.000 lbs externamente com um alcance de 110 milhas náuticas. Isso corresponde a mais que o triplo da capacidade do CH-53E Super Stallion, em uso hoje no USMC.

FONTE: USMC

Saiba mais